Escola promove Desafio de Redação

As inscrições para participar da 14ª edição do Desafio da Redação serão abertas amanhã, mas algumas escolas do Grande ABC já se mobilizam para atrair grande número de estudantes ao projeto. Uma delas é a EE Professora Therezinha Sartori, de Mauá, que por meio das redes sociais promove verdadeira campanha para mostrar a importância do concurso, que dará ao vencedor uma bolsa de estudos na USCS (Universidade Municipal de São Caetano), além e notebooks, TVs e tablets aos autores das melhores redações.

Diferentemente dos anos anteriores, desta vez o Desafio de Redação será realizado por meio de plataforma digital, por causa da pandemia do novo cornavírus. As inscrições serão abertas amanhã, por meio de hot-site que será divulgado pelos organizadores.

Diretora da escola Therezinha Sartori, Rita de Fátima Sola acredita que o concurso é grande oportunidade aos alunos. “Sem contar no incentivo à leitura”, comenta.

Rita elogiou a saída encontrada pelo Diário para manter a realização do evento, agora de forma on-line. “Achei inovador. Estamos todos trabalhando virtualmente. O desafio é um trabalho de muitos anos, uma construção e sabemos que construir é algo muito difícil”, afirma.

O tema escolhido para a 14ª edição é As Lições da Pandemia Para a Construção de um Futuro Melhor. Para a diretora, não poderia ser outro assunto, diante da situação que vivemos, por causa da pandemia. “Espero que este assunto promova discussão entre os alunos com a família. É um olhar otimista, positivo”, diz.

Como os estudantes não estão indo fisicamente à escola, Rita diz que ela e os professores resolveram fazer campanha virtual junto aos alunos, para incentivar a adesão ao evento. “É uma experiência nova”, afirma, sobre promover o desafio aos jovens desta forma. “Estou otimista. Precisa ter uma campanha. Os professores estão gravando vídeos e estamos postando nas redes sociais”, explica.

Podem participar alunos de escolas públicas e particulares do Grande ABC, do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, além dos matriculados na EJA (Educação de Jovens e Adultos) e telessalas. Eles serão divididos em quatro categorias, de acordo com a série que estão cursando.

As inscrições começam amanhã e podem ser realizadas até dia 31 de julho por meio do hot-site que será disponibilizado. A plataforma será usada também pelos alunos para redigir os textos e enviá-los para análise.

O concurso também vai premiar a melhor torcida entre as escolas, no valor de R$ 3.000. Neste ano, as instituições terão de encaminhar vídeo, de até cinco minutos, de uma forma criativa e respeitando as restrições de distanciamento.

O concurso é uma realização do Diário e USCS, patrocínio do Cemitério Vale dos Pinheirais e apoio institucional do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental).