Escritora elogia tema e dá conselhos aos estudantes

Entusiasta do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário, a escritora Priscila Debly elogiou o tema da 14ª temporada: As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor. Para ela, será oportunidade de os jovens escreverem sobre algo que estão vivendo, o que permite expressar sua realidade, o que pode facilitar a missão dos concorrentes.

“Gostei do tema. É um momento que eles (estudantes) estão em casa, então é oportunidade de escrever o que estão sentindo, usar informações que estão acontecendo. Chance de criar. Fica mais fácil quando o assunto faz parte da realidade do aluno”, comentou Priscila, que lançou recentemente seu terceiro livro, Mil Beijos para um Coração Partido. Antes, já havia escrito os romances Espelho Espelho Meu, Qual Crush Escolho Eu? e Grito das Estrelas.

Especialista em lidar com letras, Priscila dá dica aos estudantes. “Falo para lerem de tudo. Textos interativos, redes sociais, livros. Muitas vezes os alunos confundem inspiração com medo de escrever errado. Medo de errar uma virgula faz com que eles não coloquem para fora o que estão sentindo. Isso é muito comum nesta idade. Acho que primeiro tem de deixar fluir a ideia e depois ir corrigindo”, aconselhou a escritora.

Podem participar do Desafio de Redação estudantes do 6º e 7º anos do ensino fundamental (classificados na primeira categoria), 8º e 9º anos (segunda), 1º e 2º anos do ensino médio (terceira) e alunos do 3º ano (quarta categoria), além dos alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) e telessalas (veja detalhes na arte acima).

As inscrições, que começaram quarta-feira, são gratuitas e podem ser feitas até o dia 31 de julho no hot-site www.dgabc.com.br/desafioredacao. O vencedor será revelado dia 15 de setembro e terá direito a bolsa de estudos na USCS (Universidade Municipal de São Caetano). As outras categorias levarão para casa notebooks e tablets.

O Desafio de Redação é uma realização do Diário e USCS, com patrocínio do Cemitério Vale dos Pinheirais e apoio institucional do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental).