Sesi mobiliza estudantes para Desafio de Redação

Em Santo André, na Escola Sesi – Jardim Santo Alberto, direção, professores e alunos estão engajados com a 14ª edição do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário que dará ao vencedor uma bolsa de estudos na USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Tanto que a unidade é a que conta com mais alunos inscritos até o momento.

Diferentemente das edições anteriores, desta vez o Desafio de Redação será realizado por meio de plataforma digital, por causa do novo coronavírus. O tema escolhido para este ano é As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor.

Segundo Irani Petean, 56 anos, diretora da unidade do Sesi, há um trabalho de todos, mesmo à distância, principalmente do corpo docente, para incentivar os alunos a participarem do concurso literário. “Os professores, enquanto equipe, se mobilizaram. O professor de biologia, por exemplo, criou um tutorial para mostrar como entrar no site (do Desafio), como se inscrever”, explica, animada.

Além disso, Irani relata que as professoras de língua portuguesa levarão os textos apresentados no concurso para as aulas. “Elas estão trabalhando de forma mais intensiva para esta redação. Depois vamos ver erros e acertos. Os alunos ficaram animados com isso”, afirma.

Ela conta que o Desafio de Redação, do qual a unidade participa há anos, já é evento esperado pela escola e por parte dos alunos também. “Tem gente que vem perguntar para nós sobre o concurso antes mesmo de começarmos a falar dele”, comenta a diretora.

Para Irani, o projeto, além de incentivar a entrada na vida universitária, tem outro papel importante, que é a importância da escrita e da leitura. “Valoriza e mostra para eles o quão importante é saber ler e escrever.”

A inscrição para o Desafio de Redação é gratuita e deve ser realizada até dia 31 por meio do hotsite www.dgabc.com.br/desafioredacao – basta apontar a câmera do celular para o QR Code nesta página para ser direcionado para a tela do concurso. Podem participar alunos de escolas públicas e particulares do Grande ABC, do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, além dos matriculados na EJA (Educação de Jovens e Adultos) e telessalas. Além da bolsa de estudo para o melhor texto do concurso, donos de outras boas redações levarão para casa aparelhos eletrônicos como notebooks, TVs e tablets.

Professores também podem mandar seus textos. Quem participar concorrerá com outros docentes e a melhor redação leva como premiação um notebook. Os vencedores serão revelados no dia 15 de setembro.

INCENTIVO
Todos os participantes do Desafio de Redação têm ferramenta importante à disposição: o site do Diário (www.dgabc.com.br). Desde o começo da pandemia causada pela Covid-19 o portal está com todo conteúdo liberado gratuitamente como forma de levar informações importantes para a sociedade e combater as prejudiciais fake news.

Com o tema escolhido para este ano é As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor, os estudantes terão acesso a informações importantes e verdadeiras sobre a disseminação da pandemia do coronavírus tanto no Grande ABC como no Brasil e no mundo.

Além do material exclusivo produzido para o site, o Diário disponibiliza, gratuitamente também, a versão impressa do jornal na íntegra.

O concurso é uma realização do Diário e da USCS, com patrocínio do Cemitério Vale dos Pinheirais e apoio institucional do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental).