Escola mobiliza alunos em prol do Desafio

Concurso literário promovido pelo Diário e pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano), o Desafio de Redação tem dado o que falar no Colégio Viva Vida, em São Bernardo. Lá, 100% dos alunos aptos a participar se envolveram com o projeto junto aos professores e a direção da escola, tanto que é um dos colégios que contam com mais participantes até o momento, com 158 inscritos.

O tema escolhido para este ano, em que o Desafio chega à 14ª edição, é As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor. De acordo com a diretora Rosemeire Carminholli Visconti, pelo fato de se tratar de algo que os estudantes estão vivenciando, todos se envolveram com facilidade. “A proposta do tema veio ao encontro de como os alunos estão lidando com a situação. É pertinente e traz a atualidade que a escola precisa”, diz Rosemeire.

A diretora explica que após falarem sobre o tema do Desafio, professores e estudantes, mesmo com as aulas virtuais, fizeram imersão no assunto pandemia por uma semana. “Tratamos disso em história, geografia e ciências. Até os professores de línguas inglesa e espanhola se envolveram.” No fim das atividades, os alunos tiveram que produzir para a escola um texto sobre a pandemia.

O envolvimento com o assunto foi além da expectativa, tanto que, segundo a diretora, a proposta de escrever o texto serviu de incentivo para que os estudantes procurassem professores para falar de como estão vivenciando este momento. “Abriu caminho para eles falarem deles mesmos”, conta.

Por causa da pandemia da Covid-19, nesta edição o concurso literário será realizado virtualmente. O melhor texto ganhará uma bolsa de estudos na USCS. Quem quiser participar tem até 30 de setembro – o prazo inicial, que era 30 de julho, foi ampliado – para fazer a inscrição e enviar o texto no hot-site www.dgabc.com.br/desafioredacao.www.dgabc.com.br/desafioredacao. Basta apontar a câmera do celular para o QR Code ao lado para ser direcionado para a página do concurso.

Podem participar alunos de escolas públicas e particulares do Grande ABC, do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, além dos matriculados na EJA (Educação de Jovens e Adultos) e telessalas. Além da bolsa de estudo para o melhor texto do concurso, donos de outras boas redações levarão notebooks, TVs e tablets.

Professores também podem mandar seus textos. Quem participar concorre com outros docentes e a melhor redação leva como premiação um notebook. Além disso, a melhor torcida terá prêmio de R$ 3.000.

O vencedor será anunciado no dia 16 de novembro, com transmissão ao vivo pela DGABC TV, que pode ser acessada pelo site do jornal (www.dgabc.com.br).
O concurso é uma realização do Diário e da USCS, tem patrocínio do Cemitério Vale dos Pinheirais e apoio institucional do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental).