Desafio de Redação conhece vencedores em evento on-line

 A premiação da 14ª edição do Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário em parceria com a USCS (Universidade Municipal de São Caetano), será realizada hoje. Em razão da pandemia do novo coronavírus, todas a etapas foram desenvolvidas on-line e o anúncio dos vencedores não será diferente. Os autores premiados, que escreveram sobre o tema As Lições da Pandemia para a Construção de um Futuro Melhor, serão anunciados em live no Facebook (@jornaldgabc) do Diário hoje, a partir das 15h. Principal prêmio é uma bolsa de estudos integral na USCS.

Segundo Nilton Valentim, editor-executivo do Diário, o concurso é o projeto mais importante desenvolvido pelo jornal, uma vez que tem a capacidade de mudar a vida de uma pessoa. “O texto é o passaporte para futuro melhor, uma chave que pode abrir muitas portas. Na experiência acumulada em 13 anos, vivenciamos casos em que o vencedor do Desafio (de Redação) foi o primeiro integrante de uma família a ter a oportunidade de cursar a universidade”, relata.

“A pandemia trouxe um cenário desafiador, em um dado momento tivemos que tomar a decisão (de realizar o concurso) e também adaptar para a nova realidade que estamos vivendo. Este foi o grande desafio de 2020, transformar um concurso que há 13 anos era realizado presencialmente em um modelo on-line”, afirma Josiana Abrão Marui, coordenadora de publicidade do Diário e também do Desafio de Redação. “O incentivo à educação é uma das bandeiras que levantamos com muito orgulho, principalmente em um momento de tantas incertezas e desafios”, completa.

Valentim afirma que a 14ª edição foi um desafio não apenas aos estudantes, mas também para todos os envolvidos na organização. “Professores da USCS, dirigentes de ensino, funcionários do Diário, alunos... Enfim, todos se desdobraram e estão de parabéns”, elogia.

A dificuldade foi ainda maior pelo fato de as escolas estarem fechadas e o acesso aos alunos restrito. “Contamos com o apoio das diretorias de ensino da região, das escolas e dos professores individualmente, que incentivaram seus alunos a se inscrever, gravaram vídeos e, para os que não tinham acesso à tecnologia, se ofereceram para ajudar na inscrição”, pontua Josiana.

Mestre de cerimônias do evento de premiação pelo segundo ano seguido, a apresentadora Iza Stein avalia que a decisão de realizar este tipo de projeto on-line mostra a capacidade de adaptação. “Foi algo fantástico que poderia ter sido cancelado, mas foi encontrada uma maneira de continuar. É sempre bom tirar algo positivo de um momento negativo”, assinala.

VENCEDORES
Além do prêmio principal, uma bolsa de estudos na USCS para alunos do 3º ano do ensino médio e da EJA (Educação de Jovens e Adultos), os prêmios para as outras categorias são notebooks, TVs e tablets. “O evento de premiação sempre é muito emocionante, é onde percebemos que todo o esforço e dedicação valem a pena. Este ano será diferente, não teremos o calor das torcidas do tradicional evento, em contrapartida, a premiação será divulgada ao vivo no nosso Facebook, permitindo maior interação com os alunos, escolas e famílias”, aponta Josiana.

Tradicionalmente, o concurso literário premia a escola com a melhor torcida. Nesta edição, as instituições podem enviar os vídeo para concorrer a R$ 3.000. O material deve ter até cinco minutos e ser gravado na horizontal. A avaliação levará em conta animação, criatividade e segurança dos participantes, já que os protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus devem ser mantidos. Os vídeos podem ser enviados até quinta-feira para o e-mail desafioredacao@dgabc.com.br.

Promovido pelo Diário e pela USCS, o Desafio de Redação conta com o patrocínio do Cemitério Parque Vale dos Pinheirais, em Mauá, e apoio do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), de São Caetano. O evento de premiação que acontece hoje tem o apoio institucional da Câmara Municipal de São Caetano.