Aluna de S.Bernardo vence 15ª edição do Desafio de Redação

O Grande ABC conheceu ontem a vencedora do 15º Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário e pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano). Após quatro meses do início da disputa, que tem como um dos objetivos incentivar a escrita e também a leitura, a aluna do Sesi de São Bernardo, Lívia Farias Cassemiro, 18 anos, venceu o concurso e ficou com o prêmio principal: uma bolsa de estudos para qualquer disciplina na USCS.

Com grande habilidade para desenhar, Lívia mostrou também aptidão para escrever e desafiou o tema A Ciência Como a Luz na Escuridão. Ao acompanhar, ontem, o anúncio dos vencedores e ficar sabendo que conquistou o prêmio, a moradora do bairro Taboão não conseguiu conter a felicidade. Em um primeiro instante, inclusive, disse que não estava acreditando no resultado.

“Não imaginei que pudesse ter vencido o Desafio de Redação. Não pensei que minha redação seria a escolhida. Fiquei muito feliz por ter conquistado o primeiro lugar”, declarou a jovem. Lívia ainda afirmou que vai pensar em qual curso deverá se inscrever na USCS, mas que está inclinada a escolher alguma disciplina ligada ao que gosta de fazer: desenhar. “Vi que há curso de Arquitetura (e Urbanismo) na USCS, então acho que posso pensar em algo que vá por esse caminho. Mas, independente disso, posso escolher algo que possa agregar conhecimento à minha vida”, avaliou a estudante.

Desde julho, quando se iniciaram as inscrições para o Desafio de Redação, mais de 9.000 alunos dos sete municípios que formam o Grande ABC participaram da disputa literária e mais de 6.000 textos foram recebidos pelo Diário para serem corrigidos e concorrerem a diversos prêmios, como notebooks, televisões, tablets e bolsas de estudo.

Assim como no ano passado, todo o processo de inscrição e de envio de redações ocorreu na modalidade on-line, visando segurança em meio à pandemia da Covid-19. A montadora Mercedes-Benz, uma das apoiadoras do Desafio de Redação, cedeu carreta equipada com internet e computadores e que percorreu os sete municípios da região para que os alunos pudessem fazer a inscrição no Desafio e digitalizar os textos que escreveram.

Este é o 15º ano do Desafio de Redação, e já foram captados nas escolas públicas e particulares do Grande ABC mais de 1,4 milhão de textos desde o início do projeto.

Colégio da USCS vence premiação de maior torcida

Com premiações divididas por cidade, escolas dos sete municípios do Grande ABC receberam alguma recompensa pela participação dos alunos no Desafio de Redação. Um dos mais importantes, o Prêmio de Maior Torcida, ficou com o Colégio Universitário da USCS (Universidade São Caetano do Sul) que inscreveu 1.231 alunos no concurso literário. A escola receberá R$ 3.000 em dinheiro como prêmio. O centro educacional ainda ganhou em duas categorias individuais (veja a tabela completa abaixo).

Voltando ao Prêmio Maior Torcida, a segunda colocação ficou a escola Casemiro da Rocha, em Ribeirão Pires, que teve 536 alunos inscritos. Em terceiro lugar, com 395, ficou a Etec (Escola Técnica Estadual) de Rio Grande da Serra, que faturou dois títulos em categorias individuais.

Mais de 30 escolas, entre particulares, municipais e estaduais, tiveram alunos condecorados no concurso. E a professora Simone Ricarda Montoro, da EE José Jorge do Amaral, de São Bernardo, faturou um notebook.

PÓS-GRADUAÇÃO
O concurso premiou ainda um morador do Grande ABC com uma bolsa de estudos de pós-graduação na USCS. Eo vencedor foi Mauro José de Araújo, de Mauá.

Patrocinadores e apoiadores exaltam importância do Desafio de Redação

Patrocinadores e apoiadores desta 15ª edição do Desafio de Redação exaltaram a importância da disputa literária. Para o reitor da USCS (Universidade São Caetano do Sul), Leandro Campi Prearo, o concurso é “muito importante para a leitura e criação de texto”. “Em tempos de pandemia, o tema é ainda mais especial”, emendou.

Já o diretor de Redação do Diário, Sérgio Vieira, celebrou o grande número de inscritos mesmo em meio à pandemia. “Os alunos trouxeram um pouco de suas impressões sobre o atual momento”, afirmou.

Para a diretora de comunicação da Câmara de São Caetano, Marcela Facundo, o desafio mobilizou a classe dos estudantes. “Principal objetivo é incentivar a leitura e a escrita”.

A gerente de comunicação da Mercedes-Benz, Camila Franco, avaliou ser “uma honra” para a montadora ter participado do concurso cedendo carreta equipada com computadores e internet. “A educação é um dos nossos pilares.”

Redação vencedora cita pioneiro da vacinação

O texto escrito pela vencedora do Desafio de Redação, Lívia Farias Cassemiro, já em suas primeiras linhas, lembrou a descoberta do franco-inglês Edward Jenner, pioneiro da vacinação contra a varíola no século 18 – leia na íntegra acima. “Estamos vivendo tempos difíceis e a ciência está nos ajudando”, declarou a aluna, em referência ao atual momento que a humanidade atravessa devido à pandemia do novo coronavírus. 

Confira o vídeo do momento em que Lívia assistiu a premiação: 

[youtube|E9aCvrVqs6M]